O Que Considerar ao Abrir Empresa no Exterior

O Que Considerar ao Abrir Empresa no Exterior

15 de janeiro de 2019 0 Por admin

Abrir uma empresa no exterior muitas vezes pode ser muito mais fácil do que você imagina, mas existem inúmeros fatores a serem considerados e uma quantidade significativa de pesquisa necessária a ser feita.

Sobretudo, pode haver várias razões pelas quais você está pensando em expandir sua empresa para o exterior, desde taxas de impostos mais baixas, uma escassez de mão de obra qualificada em seu país de origem ou um desejo de atingir mercados novos e maiores.

Então, se você planeja abrir empresa no exterior, essas dicas podem ajudá-lo em sua jornada.

1. Finanças de Operações, Recursos e Orçamento

Primeiramente, o financiamento da sua expansão é uma consideração importante, e um orçamento precisa ser colocado em prática.
Assim, uma estratégia para minimizar a queima de dinheiro até que a nova operação ganhe dinheiro também é crítica. O capital de risco pode ser necessário.

2. Requisitos de Tributação e Relatórios

empresa no exterior

Além disso, um fator importante a ser considerado na escolha de uma jurisdição são os requisitos de tributação e relatório do país.
Desse modo, você deve sempre pesquisar a taxa de imposto corporativo, impostos e taxas e outras considerações com antecedência para obter uma compreensão clara do montante do imposto que sua empresa será obrigado a pagar.

Pois, dependendo da legislação tributária na jurisdição, o gerenciamento e o controle da empresa podem precisar ocorrer dentro do país.

Então, se este for o caso e você não planeja ter uma presença física no país imediatamente, pode ser interessante nomear um diretor residente local para ser diretoria.

3. Processo de Incorporação

O processo de formação da empresa varia em todos os países do mundo. Sendo assim, é de seu interesse terceirizar isso para uma formação de empresa internacional ou prática consultiva corporativa que possa garantir que o processo seja simplificado e ajudar a evitar erros dispendiosos.

Um profissional experiente estará familiarizado com as leis e requisitos locais do país escolhido. O procedimento, o custo e o calendário variam enormemente em diferentes países mesmo dentro da UE.

4. Superando Barreiras Linguísticas

Superar a barreira do idioma do seu país de destino é potencialmente o desafio mais difícil enfrentado ao se estabelecer no exterior. Desde conversar com seus clientes e fornecedores até assinar documentos legais, não conseguir se comunicar pode atrasá-lo drasticamente.

  • Além disso, contratar um tradutor em tempo integral pode ser consideravelmente caro.
  • Em vez disso, considere contratar um indivíduo bilíngue semanal ou mensalmente para ajudá-lo com as comunicações, quando necessário. Isso pode reduzir significativamente os custos.
  • Há também muitas ferramentas online gratuitas, como o Google Tradutor e o Linguee, ideais para traduzir documentos e e-mails simples.

5. Pesquisa de mercado e conhecimento local

empresa no exterior

Se você está se expandindo para um novo mercado, analisar os hábitos de consumo local do país escolhido é algo que deve ser observado. Não confie em preconceitos ao estudar o mercado. Em vez disso, descubra os benefícios que seu mercado procura em um produto/serviço. Identifique os concorrentes locais e faça uma análise.

Através de uma pesquisa de mercado aprofundada, você pode descobrir que o mercado que você considerou adequado para o seu negócio pode estar saturado. Por outro lado, outras jurisdições que você pode não ter considerado originalmente poderiam se tornar uma opção mais adequada.

6. Risco Cambial

As empresas que operam internacionalmente são vulneráveis ​​ao risco e flutuação cambial. Lidar com isso é tudo sobre gerenciamento de risco, já que a flutuação da moeda é geralmente imprevisível.

É uma boa ideia configurar contas em várias moedas se você quiser minimizar sua exposição a flutuações cambiais. Isso permitirá que sua empresa faça e receba pagamentos em moeda estrangeira sem a necessidade de converter os fundos em euros.

7. Emprego e mão-de-obra especializada

empresa no exterior

Nem todos os países oferecem o mesmo nível de acesso a mão de obra qualificada, por isso é importante pesquisar a disponibilidade no país escolhido. É uma boa ideia falar com um consultor de recrutamento local antes de qualquer decisão.

Você precisa ter uma boa compreensão das expectativas salariais, das contribuições previdenciárias do empregador e da legislação trabalhista.

8. Abrir empresa no exterior

Embora existam desafios envolvidos na expansão de uma empresa para novos mercados, uma forte rede de suporte na Europa pode suavizar o processo e ajudar a impulsionar sua empresa para um forte crescimento nos próximos anos.

Europa Expert é uma empresa de consultoria empresarial, especializada em auxiliar empresários brasileiros a serem bem sucedidos na Europa, seja qual for o seu ramo de negócio.

Se seu objetivo é comprar ou vender produtos e serviços, morar ou investir na Europa, nosso time, que é formado por contadores, administradores e profissionais de comércio exterior, irá auxiliá-lo no passo a passo da abertura e desenvolvimento de sua empresa na Europa! Entre em contato!